Departamento de Biologia Marinha

Laboratório de Ensino Flutuante

Em 2018, o Ministério da Educação, através do Programa de Formação de Recursos Humanos em Ciências do Mar (PPGMAR), concedeu à Universidade Federal Fluminense (UFF) a responsabilidade pela gestão de um dos quatro Laboratórios de Ensino Flutuantes (LEF) – o Ciências do Mar III.

Livro: Ecologia Marinha

O livro Ecologia Marinha foi organizado pelos professores Abilio Soares e Renato Crespo, ambos do Departamento de Biologia Marinha da UFF. A publicação é composta por 20 capítulos de 53 renomados pesquisadores de diversas instituições do país e trata de variados temas referentes à vida marinha…

Livro: Genética Marinha

O objetivo principal deste livro é dar a todos (tanto aqueles que trabalham quanto aqueles que simplesmente se interessam) uma introdução ilustrada da Genética Marinha e uma descrição de como ela é aplicada nas mais diversas áreas das ciências do mar. São apresentadas as bases históricas, empíricas, conceituais e científicas da disciplina, de forma leve o suficiente para um estudante interessado (ou um leigo curioso) e de forma precisa o suficiente para um colega da área (ou um profissional informado). 

Livro: Pesca e Sustentabilidade

Esta publicação é um dos produtos desenvolvidos pelo projeto “Mecanismos Reguladores da Produção Pesqueira nos Sistemas Lagunares do Leste Fluminense: estado atual e cenários futuros”, que teve início em 2019. É uma das pesquisas financiadas pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – FUNBIO, através do Projeto de Apoio à Pesquisa Marinha e Pesqueira no Rio de Janeiro. O objetivo geral da proposta foi caracterizar a estrutura e o estado trófico das lagoas costeiras do leste fluminense, identificando o papel dos fatores que controlam a produtividade biológica nestes ecossistemas e suas relações com a atividade pesqueira artesanal local e as respectivas comunidades pesqueiras locais. Para isso, reunimos uma equipe de várias instituições de pesquisa nacionais e internacionais nos campos das ciências biológicas e ambientais, com a finalidade de proporcionar uma visão mais holística sobre os processos que modulam a dinâmica destes ecossistemas costeiros tão importantes.

Notícias e Eventos

O 2º Congresso de Biologia Marinha e Ambientes Costeiros (2º CBMAC) é uma realização do Programa de Pós-Graduação em Biologia Marinha e Ambientes Costeiros – PBMAC da Universidade Federal Fluminense. O evento terá quatro dias de duração, de 07/11/2022 a 10/11/2022. No dia 07/11/2022 (segunda-feira) ocorrerão, exclusivamente, as oficinas e minicursos. De 08/11/202 (terça-feira); 09/11/2022 (quarta-feira) a 10/11/2022 (quinta-feira) ocorrerão as palestras, mesas-redondas, apresentações de trabalhos, com as temáticas das áreas de concentração existentes no Programa: Biodiversidade e Meio Ambiente; Processos Ambientais e Poluição e Conservação e Manejo.

O Programa de Pós-Graduação em Biologia Marinha e Ambientes Costeiros, através da Comissão Organizadora do 2º CBMAC deseja a todos os participantes um excelente Congresso. Maiores informações acesse o site do evento: 2º Congresso de Biologia Marinha e Ambientes Costeiros.

No dia 15 de outubro de 2022, o Professor Felipe Ribeiro, em parceria com o Projeto Ciências Sob Tendas, realizou uma atividade educativa no 1º Campeonato Municipal de Canoa Polinésia (Va’a), abordando o tema dos Ecossistemas Marinhos. A atividade contou com o apoio da Associação Niteroiense de Va’a (ANVAA), e juntamente com o Projeto Vou de Canoa e o Projeto Aruanã, foi possível oferecer uma verdadeira imersão em Biologia Marinha para atletas, familiares e visitantes. Os participantes eram conduzidos por uma viagem no tempo através do contato com fósseis de peixes de 120 milhões de anos, depois uma prática de sensibilização acerca dos microplásticos, e finalizavam a jornada com um mergulho de submersível em Realidade Virtual, explorando a vida marinha e os mistérios de um naufrágio. A Extensão Universitária constitui uma frente atual e necessária de atuação no enfrentamento das crises climáticas e sociais, uma vez que abre as portas da universidade para o acesso da comunidade externa a seus avanços filosóficos, científicos e tecnológicos. Na foto as alunas Ágatha Pinheiro, Bruna Saliba e o aluno Gustavo de Paula, discentes de Ciências Biológicas – UFF, conduzindo a atividade.

Felipe de Vargas Ribeiro: Kelps as gatekeepers of temperate reefs

In our latest post, Felipe de Vargas Ribeiro presents his latest article “Shield wall: Kelps are the last stand against corals in tropicalized reefs.” He discusses his group’s results from studying Australian Kelp forests, the importance of biotic interactions in novel communities, and encourages his Brazilian fellows to endure in science.” LER ARTIGO COMPLETO

Últimas publicações

Relative growth and morphometry of sagittae otoliths of weakfishes, Cynoscion guatucupa (Cuvier, 1830) and Cynoscion jamaicensis (Vaillant & Bocourt, 1883), in the Southwestern Atlantic Ocean, Brazil.

Mendonça P, Domingues JPM, Bauer AB, Fischer LG, Costa MR. 2022. Relative growth and morphometry of sagittae otoliths of weakfishes, Cynoscion guatucupa (Cuvier, 1830) and Cynoscion jamaicensis (Vaillant & Bocourt, 1883), in the Southwestern Atlantic Ocean, Brazil. Ocean and Coastal Research 70: e22036. http://doi.org/10.1590/2675-2824070.22035pm

The microbial profile of rivers and lagoons three years after the impact of the world’s largest mining disaster (Fundão dam, Brazil).

Almeida PIN, Jesus HE, Pereira PHF, Vieira CED, Bianchini A, Martins CMG, Santos HF. 2023. The microbial profile of rivers and lagoons three years after the impact of the world’s largest mining disaster (Fundão dam, Brazil). Environmental Research 216, 114710. https://doi.org/10.1016/j.envres.2022.114710

Spatio-temporal variability of secondary metabolites in the invasive coral Tubastraea coccinea.

Oliveira JAS, Pereira RC, Nocchi N, Soares AR. 2022. Spatio-temporal variability of secondary metabolites in the invasive coral Tubastraea coccinea. Aquatic Invasions 17(4): 476-493. https://doi.org/10.3391/ai.2022.17.4.02

Chemophenetic and Chemodiversity Approaches: New Insights on Modern Study of Plant Secondary Metabolite Diversity at Diferent Spatiotemporal and Organizational Scales.

Ramos YJ, Gouvêa-Silva JG, Machado DB, Felisberto JS, Pereira RC, Sadgrove NJ, Moreira DL. 2022. Chemophenetic and Chemodiversity Approaches: New Insights on Modern Study of Plant Secondary Metabolite Diversity at Diferent Spatiotemporal and Organizational Scales. Revista Brasileira de Farmacognosia https://doi.org/10.1007/s43450-022-00327-w

Long-term monitoring projects of Brazilian marine and coastal ecosystems.

Cordeiro CAMM, Aued AW, Barros F,…, Ferreira CEL. 2022. Long-term monitoring projects of Brazilian marine and coastal ecosystems. PeerJ 10:e14313. https://doi.org/10.7717/peerj.14313

Skip to content